22 de março de 2008

Sábado Santo


O Sábado Santo é dia alitúrgico: a Igreja debruça-se, no silêncio e na meditação, sobre o sepulcro do Senhor. A única celebração primitiva parece ter sido o jejum. É um dia de reflexão.
Para os judeus, já naquela época, era um dia de descanso e todos ficaram em casa reflectindo sobre o acontecido na tarde de Sexta-Feira.
Em algumas aldeias de Portugal, no Sábado Santo costuma-se fazer a queima de Judas.. Bonecos de palha são pendurados em postes de iluminação pública e galhos de árvores na noite da Sexta-Feira Santa, e depois são rasgados e queimados ao meio dia do Sábado de Aleluia. É costume antigo fazer-se o julgamento de Judas, sua condenação e execução. Antes do suplício, alguém lê o "testamento" de Judas, em versos, colocado especialmente no bolso do boneco. O testamento é uma sátira das pessoas e coisas locais.
Judas era chamado de Iscariotes por ser de Carioth, uma cidade ao Sul de Judá. Obcecado pelo dinheiro, antes de se afastar de Cristo, resolveu entender-se com membros do Sinédrio, conselho supremo dos judeus. Mesmo tendo ouvido Jesus predizer sua tradição durante a última ceia, Judas não deixou de entregar Jesus aos inimigos e receber 30 dinheiros. Depois, arrependido, quis devolver o dinheiro, mas, foi expulso pelos sacerdotes, e acabou por se enforcar numa árvore.

2 comentários:

M.João disse...

Olá Mafaoli

É mesmo assim como eu já tinha mencionado. Neste Blog encontramos a paz que precisamos para aprendermos a viver como verdadeiros cristãos!

Santa Páscoa Mafaoli
M.João

elsa nyny disse...

Hoje vim desejar-te uma Páscoa maravilhosa cheia de LUz, paz e amor de Jesus!

Beijinhossssssssssssssss

Enviar um comentário