4 de novembro de 2007

Zaqueu quero ficar em tua casa!


Jesus tinha entrado em Jericó e estava passando pela cidade. Havia ali um homem chamado Zaqueu, que era chefe os publicanos e muito rico.

Ele procurava ver quem era Jesus, mas não conseguia, por causa da multidão, pois era baixinho. Então ele correu à frente e subiu numa árvore para ver Jesus, que devia passar por ali. Quando Jesus chegou ao lugar, olhou para cima e disse. “Zaqueu, desce depressa! Hoje eu devo hospedar-me na tua casa. Ele desceu depressa, e o recebeu com alegria (Lc 19,1-6). Zaqueu, porque queria ver Jesus, dá os passos necessários para vê-lo. Por ser baixinho, sobe numa árvore à beira do caminho por onde Jesus devia passar, não se importando com a gozação dos que o conheciam.
O texto diz que Jesus não só viu Zaqueu no alto da árvore, mas viu também os sentimentos e os desejos de seu coração, tomou a iniciativa de falar com ele e pediu-lhe que lhe desse hospedagem na sua casa. Ao contemplar a cena, vejo, com os olhos da imaginação, Jesus dando a mão a Zaqueu para ajudá-lo a descer da árvore, e vejo Zaqueu entregando-se literalmente nas mãos de Jesus, que é o Caminho, a Verdade e a Vida, passando pelos caminhos de nossa terra, passando pelos meus caminhos para vir ao meu encontro.
Como recomenda Santo Inácio, depois de contemplar a cena, vendo as pessoas, ouvindo o que falam e considerando o que fazem, dou um tempo para “reflectir sobre mim mesmo”. Quais são os “reflexos” das palavras e do comportamento de Jesus e de Zaqueu em mim? Deixo-me iluminar e guiar por esses reflexos? Que atitudes e comportamentos devem mudar na minha vida?
Assim como penetrou com seu olhar toda a vida de Zaqueu, Jesus também penetra toda a minha vida, conhece os meus pensamentos e os meus desejos mais profundos, perpassa todas as minhas máscaras e mentiras. E assim como falou com o cobrador de impostos Zaqueu, fala também comigo e quer hospedar-se na minha casa, no meu coração.

(reflexão:paróquia NªSªRosário)

3 comentários:

Pe. Vítor Magalhães disse...

O olhar de Jesus sobre Zaqueu é grande epara cada um de nós, de ternura e bondade de Amor e esperança,...

antonio disse...

E nós, multidão que acorre para ver Jesus? Impedimos a vista a Zaqueu?

jf disse...

visite:www.ojornaldafamilia.blogspot.com/

Enviar um comentário